Formação

Great Math

O Colégio das Descobertas, no Montijo, tem estado a implementar gradualmente o Great Math, no âmbito de uma parceria com o Colégio de São Tomás. Para além da utilização dos livros de matemática Great Math, todo o processo é acompanhado de formação periódica junto de educadores de infância e professores de 1º e 2º ciclos.

Dessa forma, mais do que meros aplicadores, o que seria pobre dada a riqueza do método, os profissionais do Colégio das Descobertas procuram inteirar-se sobre a filosofia e conceitos a si associados. Como é bem sabido, o Great Math é fortemente inspirado em sistemas de ensino internacionais muito bem sucedidos e altamente respeitador da boa didáctica e natureza da matemática.

Universidade Lusíada

A APECEF, em colaboração com a Universidade Lusíada de Lisboa, desenhou e propôs aos seus professores e educadores a pós-graduação 'Matemática, Literatura e Cultura para o Ensino', concebida de forma a trabalhar as componentes específicas, complementando esse trabalho com temas transversais culturais e educacionais, importantíssimos para os professores. O curso tem a duração de dois semestres e confere uma pós-graduação como base curricular para o Mestrado. Ao todo, 21 professores aceitaram o desafio e frequentaram a pós graduação.

setuproject

O SETUPROJECT foi um desafio da APECEF. O resultado de uma parceria internacional, apoiada pela Comissão Europeia e que se materializou numa formação profissional inovadora, na área da Gestão de Inovação, com cariz internacional e aulas em contexto empresarial.

Baseado no learning by doing, este curso, com dupla certificação internacional de nível 5 , dirigiu-se a alunos com frequência ou conclusão do 12º ano, forte componente criativa, desejo de aceder ao mundo empresarial, rasgar horizontes na Europa e empenho em contribuir com o seu talento para o sucesso dos negócios, através de uma cultura de inovação e empreendedorismo.

Aulas itinerantes, práticas e diversificadas, onde os alunos tiveram oportunidade de refletir sobre o papel do trabalho humano, desbravando o pensamento crítico sobre a economia global. Poderam experimentar, testar e simular competências na área da gestão de projetos e ferramentas de inovação, nomeadamente nos domínios da gestão de talentos, recursos tecnológicos, networking, criatividade, startups, contabilidade, entre outras.

As empresas portuguesas envolvidas no projeto – SIEMENS, VOLKSWAGEN, RESIQUIMICA, OLISIPO, VIEIRA DE ALMEIDA, CATÓLICA LISBON SCHOOL, PESTANA  HOTEL GROUP - reconheceram a necessidade da formação no mercado de trabalho, investindo nos nossos alunos, expectantes de aprender também com eles.

Os parceiros internacionais – escolas e parques tecnológicos em Itália, Polónia, Reino Unido e Roménia – são a “cereja no topo do bolo”, acrescentando dinamismo, cultura, abertura e liberdade a um projeto inovador e desenhado a pensar nos alunos.

No final dos dois anos de curso, abertos ao mundo, com novas competências, mais cultos e mais maduros, os alunos integraram o mercado de trabalho (dando continuidade aos estágios profissionais) e/ou concorreram ao ensino superior, nomeadamente ao curso de Gestão do ISCTE.